Juan Carlos Osorio: «Isto é um jogo de homens, não há espaço para tanta palhaçada»

Juan Carlos Osorio deixa duras críticas, mas não cita diretamente Neymar

• Foto: EPA

Sem nunca citar diretamente o nome de Neymar, mas deixando claramente no ar que o alvo era mesmo o jogador do Paris SG, o selecionador mexicano Juan Carlos Osorio deixou duras críticas à arbitragem do jogo entre Brasil e México, considerando mesmo uma vergonha aquilo que sucedeu esta tarde em Samara.

"Acho que é uma vergonha para o futebol que se perca tanto tempo com um só jogador. Acho que a veemencia com que jogámos no primeiro tempo parou na arbitragem. Cada situação de jogo demorava muito. Uma delas demorou quatro minutos. Não é um exemplo para o futebol e para as crianças que veem o futebol. É um jogo de homens, como em outros desportos e não há espaço para tanta palhaçada. Incomodaram-me as atitudes de quem tinha as ações de jogo", atirou o selecionador mexicano, que depois não quis revelar se estava ou não a falar de Neymar: "Eu não o mencionei. Esta é a sua interpretação".

Por Fábio Lima
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias