Peruanos e dinamarqueses dão show de fair play nas redes sociais

Federações de ambos os países deixam o exemplo

Tantas vezes palco de conflitos e polémicas, o futebol pode (e, arriscamos dizer, deve) ser palco de gestos bonitos, que nos recordam os valores do fair play e da sã convivência. E foi isso mesmo que as seleções de Peru e Dinamarca demonstraram nos últimas dias, com ações nas redes sociais que não podem deixar ninguém indiferente. Ações de realce a pouco mais de duas semanas do confronto entre ambas no Mundial'2018.

Tudo começou há uma semana, quando o Peru na rede social Twitter partilhou um vídeo a saudar os nórdicos, fazendo uma breve apresentação do país e recordando que há muito tempo (36 anos) que não marcava presença num Mundial. "Cara @DBUfodbold, é uma honra competir convosco no @FIFAWorldCup na Rússia. Como sabem, muito tempo passou desde a última vez que estivemos num Mundial e, por isso, decidimos criar este vídeo para vos lembrar quem somos. Vemo-nos em breve #ArribaPeru", podia ler-se no 'tweet', que vinha com o vídeo anexado e a legenda em dinamarquês.


Uma semana depois chegou a resposta dinamarquesa. Tão ou mais brutal do que a primeira mensagem peruana. "Querida @SeleccionPeru. Cremos que são uma nação fantástica. Passar 36 anos na sombra do futebol não é fácil. Para homenagear o vosso regresso ao topo do futebol, escrevemos uma canção de um país bonito. Vemo-nos no campo, a 16 de junho #thefriendlygroup", podia ler-se na resposta nórdica, escrita em castelhano, com um vídeo no qual, para lá de mensagens de jogadores, aparece ainda um grupo coral a entoar o hino dinamarquês adaptado aos peruanos.




Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial 2018

Notícias