Quique Flores é o favorito para orientar a seleção de Espanha

Imprensa espanhola aponta o ex-treinador do Benfica como candidato a suceder a Hierro

• Foto: Reuters

Nove anos depois de sair do Benfica, Quique Flores pode estar a um passo de chegar ao comando da seleção espanhola. A saída precoce do Mundial, após a derrota com a anfitriã Rússia, deixou uma ferida em aberto na Roja. Por esse motivo, segundo o ‘As’, o presidente da Real Federação Espanhola, Luis Rubiales, deseja fazer uma remodelação profunda nos quadros da seleção, a começar pelo... banco.

Fernando Hierro, a solução para substituir a repentina saída de Lopetegui, não deve continuar no cargo, o que abre a porta a Quique. De acordo com a imprensa espanhola, o técnico de 53 anos é encarado como a solução ideal para comandar uma verdadeira reforma em Espanha: desde equipa técnica aos jogadores. Quique beneficia ainda do facto de estar atualmente sem clube, após duas temporadas no Espanyol.

Ainda neste lote de treinadores sem contrato, surgem também os nomes de Luis Enrique, Paco Jémez e Quique Setién. Por outro lado, Rafa Benítez (Newcastle), Unai Emery (Arsenal) e Marcelino (Valencia) são outras alternativas possíveis, ainda que mais difíceis.

Diego Costa ‘avisou’

Nem 24 horas depois, a eliminação nos penáltis deu em... polémica. Uma câmara que captou as emoções do banco espanhol durante a ‘lotaria’ mostra Diego Costa a reagir ao penálti falhado de Koke, seu companheiro de equipa no At. Madrid, dirigindo-se de imediato a Hierro. "Eu avisei-te...", pareceu dizer o avançado ao técnico.

Por Ricardo Granada
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0