TAS amplia suspensão de Paolo Guerrero e capitão peruano falha o Mundial

Após ter sido aceite o recurso da Agência Mundial Antidopagem

Paolo Guerrero
Paolo Guerrero
Paolo Guerrero
Paolo Guerrero
Paolo Guerrero
Paolo Guerrero

O capitão da seleção peruana, Paolo Guerrero, vai falhar o Mundial'2018, depois de o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) ter prolongado a sua suspensão por doping para 14 meses.

O TAS revelou esta segunda-feira ter aceitado o recurso da Agência Mundial Antidopagem (AMA) para aumentar o castigo de seis meses aplicado pela FIFA ao avançado, que poderia regressar à competição ainda este mês.

De acordo com o tribunal, o castigo agora aplicado a Guerrero é "apropriado" para o "nível de culpa" do avançado, que deveria capitanear o Peru no seu regresso 36 anos depois a um Mundial.

Guerrero acusou uso de substâncias dopantes em 5 de outubro de 2017, num jogo de apuramento para o Mundial'2018 frente à Argentina, tendo ficado suspenso provisoriamente a 3 de novembro.

Em sua defesa, Guerrero, que só vai voltar à competição em janeiro, tinha alegado que tinha consumido um chá contaminado.

No Mundial'2018, que se disputa de 14 de junho a 15 de julho, o Peru está integrado no Grupo C, juntamente com a França, a Austrália e a Dinamarca.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0