Bryan Ruiz: «Somar um ponto no México seria muito bom»

Apesar de garantir que a Costa Rica vai jogar para ganhar

• Foto: Luís Manuel Neves

Bryan Ruiz antevê dificuldades no duplo compromisso da seleção da Costa Rica referente ao apuramento para o Mundial de 2018. O capitão da seleção frisa, contudo, que a união do grupo pode ajudar a superar México e Honduras.

"É complicado ter dois jogos fora assim tão difíceis, mas o grupo está muito unido e forte, e isso dá muita confiança e mais possibilidades de termos um bom resultado", começou por dizer o jogador aos jornalistas.

Ruiz, que atua no Sporting, debruçou-se depois sobre o encontro com o México, admitindo que um empate não seria um mau resultado: "Somar um ponto no México seria muito bom. Queremos ganhar, mas sabemos bem como funciona isto e ‘sacar’ um ponto também seria bom. A palavra inteligência será muito importante neste jogo, porque o México quer ganhar e vai pressionar muito nos primeiros minutos".

A partida, agendada para a 1H25 portuguesas de sábado, vai ter lugar num palco especial para o costa-riquenho: "O Azteca é um estádio histórico, muito bonito para ver um jogo ou jogá-lo".

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018 - América do Norte e Central

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.