A primeira reação de Mourinho à saída do Manchester United

Treinador português pede "respeito" para ter uma vida normal e diz ter futuro sem os red devils

Um dia depois de ter sido demitido do Manchester United, Mourinho foi apanhado em Londres pela Sky Sports. O treinador português assegurou que nem uma palavra ouvirão da sua boca sobre os tempos em que passou nos red devils, tanto seja das "muitas coisas boas" ou do "menos bom", uma vez que "já é passado".

"O Manchester United tem futuro sem mim e eu tenho futuro sem o Manchester United", disse, deixando uma pergunta: "Por que motivo havia de partilhar consigo, ou com os adeptos, os meus sentimentos?".

Mourinho lembrou que sempre criticou quem sai "dos clubes e fala sobre o que se passou", de quem foi "culpa".

O treinador apelou ao "respeito " por parte da imprensa. "Até voltar ao futebol penso ter direito a uma vida normal, de sair para um pequeno passeio ou ir às compras", frisou.

O Manchester United despediu terça-feira José Mourinho, com quem tinha celebrado a 25 de janeiro um novo contrato válido até 2020. A radical decisão foi tomada após a derrota (e a confrangedora exibição) frente ao Liverpool de Jürgen Klopp, que deixou a equipa do Special One a 19 pontos do mesmo Liverpool, líder da Premier, e a 11 do top 4. O pior arranque dos últimos 28 anos...

O momento que marca a saída de Mourinho: treinador despede-se dos jornalistas após ser demitido do Manchester United
O treinador português já sabia ao que ia quando chegou a Carrington, quartel-general do United, às 9h02. Tinha agendada uma reunião de emergência com Ed Woodward, vice-presidente executivo do clube. Ed Woodward ter-lhe-á dito que era tempo de partir, sublinhando que estava cansado que ele lhe apontasse o dedo e se queixasse publicamente que não lhe dera os jogadores que pedira. Ter-lhe-á ainda lembrado que gastara 466 M€ em reforços no seu consulado. O encontro não demorou muito tempo tendo o site dos red devils emanado o fatídico comunicado às 9h46.

A chicotada psicológica ocorreu dois anos e meio depois do Special One ter chegado a Old Trafford, onde conquistou uma Liga Europa, uma Taça da Liga e uma Supertaça Inglesa. Sucedeu dez dias depois de Jorge Mendes, agente do luso, ter assegurado que José Mourinho não estava de saída do Manchester United.

Aconteceu após um duelo tático com Jürgen Klopp, que abreviou a terceira época ao serviço do Manchester United. Também não resistira à terceira época na última passagem no Chelsea. O clube de Stamford Bridge despediu-o a 17 de dezembro de 2015 pagando-lhe uma indemnização de 16 M€. O emblema de Old Trafford fez-lhe a mesma coisa a 18 de dezembro de 2018. Três anos depois!

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0