Bola de Ouro 2020 não vai ser atribuída: as explicações da 'France Football'

Publicação francesa anuncia decisão justificando com situação excecional derivada da pandemia

A France Football anunciou esta segunda-feira que a Bola de Ouro 2020 não será atribuída. "Circunstâncias excecionais, decisões excecionais. Pela primeira vez, desde 1956, a Bola de Ouro não será atribuída em 2020, face às atuais condições", começa por explicar a revista.

"Um ano único não pode - e não deve - ser tratado como um ano comum. Em caso de dúvida, é melhor abstermo-nos do que persistir", pode ler-se num dos pontos elencados na publicação francesa, que sublinha que "a justiça que prevalece neste prémio não pode ser preservada, principalmente no nível estatístico e também na preparação, uma vez que todos os aspirantes ao prémio não estão no mesmo barco, alguns tendo visto a sua temporada sido cortada radicalmente outros não. Então, como é que se compara o incomparável?", questionam.

E prosseguem: "Não queríamos colocar um asterisco na lista de prémios no estilo de "troféu ganho em circunstâncias excecionais devido à crise de saúde Covid-19". Preferimos uma pequena entorse (a nossa história) a uma grande cicatriz. É a primeira vez desde 1956 que a Bola de Ouro faz uma pausa. O parêntese não nos agrada, mas parece-nos o mais responsável e lógico. Proteger a credibilidade e legitimidade de tamanho prémio também significa garantir que seja irrepreensível ao longo do tempo".

"Apenas dois meses (janeiro e fevereiro), dos 11 geralmente necessários para formar uma opinião e decidir entre os melhores, é muito pouco para avaliar e julgar, uma vez que os outros jogos ocorreram (ou não ocorreram de todo) em outras condições e formatos (porta fechada, cinco substituições, final 8 europeia numa única partida) muito longe do panorama normal. Não podemos confiar em épocas aleijadas, com tantos arranjos especiais, para eleger o melhor. O melhor de quê, a propósito? Não seria digno de nossa história. Nestes tempos turbulentos, fazer uma pausa é um luxo e uma necessidade inestimável. Para que o futebol, como um todo, recupere força e força, paixão e emoção", concluem.

25
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.