Boulahrouz: «Não pedi desculpa a Ronaldo»

Sem arrependimento pela entrada violenta no Mundial'2006

• Foto: Lusa

A violenta entrada sobre Cristiano Ronaldo no Mundial'2006 é recordada por Khalid Boulahrouz com uma pitada de orgulho. O antigo internacional holandês, que anunciou o final de carreira, preferiu sublinhar que nunca pediu desculpa ao extremo de Portugal e do Real Madrid pelo lance que protagonizou aos sete minutos do jogo dois oitavos-de-final... no final do qual a laranja amargou com a derrota, mesmo sem CR7 em campo (1-0, golo de Maniche).

"Nunca falei com Ronaldo sobre isso, mas Edwin van der Sar [antigo companheiro de Ronaldo no Manchester United] disse-me que seis meses depois ele ainda tinha a cicatriz na perna", começou por relatar Bouhlarouz à revista "Helden Magazine". 

"Encontrei-o depois no Euro'2012. O Sneijder estava a falar com ele, enquanto esperava para se treinar, virou-se para mim e disse: 'Cris, olha o teu melhor amigo!' A cara do Ronaldo disse tudo. Não lhe pedi desculpa, já muita água tinha passado debaixo da ponte nessa altura", justificou o defesa que passou pelo Sporting em 2012/13.

Por António Espanhol
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.