Capitão da Arménia cancela transferência para se juntar ao exército

Varazdat Haroyan estava prestes a assinar pelo AEL Limassol

• Foto: Reuters
Devido à escalada do conflito entre a Arménia e o Azerbaijão, devido à região de Nagorno-Karabakh, a Arménia está a apelar a todos os seus cidadãos, com menos de 40 anos de idade, para se juntarem ao exército e o capitão da seleção daquele país dá o exemplo: Varazdat Haroyan cancelou a sua transferência para o AEL Limassol para servir o seu país.

Segundo explicou o empresário do defesa-central de 28 anos, Varazdat Haroyan "foi convocado para servir ao exército arménio, devido aos acontecimentos em curso em Artsakh".

A imprensa internacional refere que o AEL Limassol foi notificado da suspensão do negócio através de uma mensagem.

O conflito entre a Arménia e o Azerbeijão levou a que a UEFA transferisse o jogo do playoff da Liga Europa entre os arménios do Ararat e os sérvios do Estrela Vermelha para o Chipre. O jogo, que estava previsto ser disputado em Erevan, capital da Arménia, na quinta-feira, será transferido para Nicósia, capital do Chipre.
Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas