Coronavírus: Equipas gregas vão jogar à porta fechada nas próximas duas semanas

Medida inclui o Olympiakos-Wolverhampton para a Liga Europa

Bola de Futebol, futebol. desporto
Bola de Futebol, futebol. desporto

O governo grego anunciou este domingo que, a partir de segunda-feira e durante as próximas duas semanas, todos os jogos dos campeonatos profissionais e que incluem equipas helénicas serão disputados à porta fechada, devido ao surto do Covid-19.

Isto significa que a receção de quinta-feira do Olympiakos, de Pedro Martins, ao Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, dos oitavos de final da Liga Europa já será disputada à porta fechada, assim como todos os jogos da liga grega, que também inclui o PAOK Salónica, de Abel Ferreira.

Depois da Itália, a Grécia é o segundo europeu a recorrer a interdição dos estádios, enquanto a Suíça interrompeu os jogos da liga helvética.

A medida do governo grego aplica-se igualmente às outras modalidades, como o basquetebol, o andebol e o polo aquático.

A Grécia anunciou mais sete novos casos de contaminação do Covid-19, aumentando o total para 73 no país.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou cerca de 3.600 mortos entre mais de 105 mil pessoas infetadas numa centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, cerca de 60 mil recuperaram.

Depois de a China ter colocado 60 milhões de pessoas em quarentena para tentar travar a epidemia, a Itália anunciou uma medida idêntica no Norte do país, que pode afetar cerca de 16 milhões de pessoas em cidades como Milão, Veneza ou Parma.

A Itália registou já 233 mortos em quase seis mil pessoas detetadas com o novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0