Drenthe perdeu 22 quilos em oito meses e espanhóis revelam o segredo

Jogador holandês chegou a pesar 96 quilos

"Cheguei a pesar 96 quilos. Mas como sou dono de um ginásio, os meus sócios obrigaram-me a treinar no duro e fazer dieta. Não recomendaria isso a ninguém. Mal me conseguia mexer quando chegava a casa. Fiquei doente por treinar tanto, mas não queria atirar a toalha ao chão até ficar em forma. Estou agora com 74 quilos. Perdi 22 quilos em oito meses! Não há muitas pessoas que o possam conseguir".

A citação acima pertence ao holandês Royston Drenthe, que aos 31 anos, e depois de uma paragem de duas temporadas, decidiu voltar aos relvados para representar o Sparta Roterdão. Um regresso apenas possível graças à transformação física que operou, a qual o jornal espanhol 'AS' explicou esta quinta-feira, num artigo no qual revelou os segredos que levaram à incrível perda de peso do internacional holandês.
Segundo o jornal espanhol houve muitos fatores a pesar nesta mudança, a começar desde logo pela decisão de Drenthe em procurar ajuda, através de personal trainers e também uma equipa especializada em nutrição.

No plano do treino, Drenthe 'massacrou-se' no ginásio para eliminar gordura e aumentar a massa muscular, para além de perder peso, algo que também potenciou através de exercícios de CrossFit, com trabalho com cordas para a zona superior, assim como burpees ou agachamentos para trabalhar a zona inferior. Além destas duas atividades, o holandês conciliou este trabalho com a prática do boxe, o que o ajudou também no aspeto cardiovascular.

Em relação à alimentação, uma das coisas que Drenthe teve de perceber foi que o seu corpo já não é o mesmo de quando tinha 20 anos e que qualquer fuga do plano demorará muito mais a ser recuperada. "Tenho 31 anos e se quero estar bem tenho de me cuidar. Não é como antes, quando tinha 20 anos e estava em Madrid. Comia um hamburguer e não havia problema. No dia seguinte não se notava. Agora se não como ou durmo bem não consigo treinar com estes miúdos de 18 anos. Cuido-me e faço dieta", assume.

Por fim, o holandês admite que a mudança também se processou no aspeto psicológico, já que a 'fuga' de duas temporadas, na qual esteve afastado dos holofotes da imprensa, o ajudou a mudar, já que lhe permitiu estar junto da sua família.

Mudanças que levaram o extremo a convencer no Sparta Roterdão, equipa que lhe deu uma oportunidade para voltar a jogar e na qual já disputou 20 encontros na presente temporada, nos quais marcou quatro golos.

Ver esta publicação no Instagram

Daily Core exercise ! #getfit #motivation #roystondrenthe #roya2faces #core #antibarkiepluschallenge #rotterdam #inspiratie

Uma publicação partilhada por Royston Ricky Drenthe (@roya2faces) a

Ver esta publicação no Instagram

@achraf010 is mijn fully inspiratie op dit moment petje a brada ?? ‍?? #motion #roya2faces #roystondrenthe

Uma publicação partilhada por Royston Ricky Drenthe (@roya2faces) a

Por Fábio Lima
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.