FIFA reprova Superliga Europeia: a reação do organismo que rege o futebol mundial

Nova competição foi anunciada esta noite

• Foto: Reuters

Minutos após a oficialização da criação da Superliga Europeia, a FIFA decidiu mostrar o seu parecer face à nova competição de clubes europeus, que conta com a participação, para já, de 12 clubes: AC Milan, Arsenal, Atlético Madrid, Chelsea, Barcelona, Inter Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham.

No documento publicado na noite deste domingo, a FIFA apela ao diálogo numa altura crítica para o desporto-rei, manifestando a sua "desaprovação" quanto à criação da Superliga Europeia, presidida por Florentino Pérez, presidente do Real Madrid.

Leia o comunicado da FIFA na íntegra:

"Após os diversos pedidos dos meios de comunicação e como já foi dito em diversas ocasiões, a FIFA deseja esclarecer que se mantém firme a favor da solidariedade no futebol e de um modelo de redistribuição equitativa que possa contribuir para o desenvolvimento do futebol como desporto, em especial em todo o Mundo, já que o desenvolvimento do futebol mundial é a principal missão da FIFA.

"Na nossa opinião, e de acordo com os nossos estatutos, qualquer competição de futebol, seja nacional, regional ou global, deve sempre refletir os princípios fundamentais de solidariedade, inclusão, integridade e redistribuição financeira equitativa. Além disso, os órgãos dirigentes do futebol devem cumprir todas as leis, desportivas e diplomáticas, para assegurar que assim se mantenha. Neste contexto, a FIFA só pode expressar a sua desaprovação a uma 'Liga europeia revolucionária' fora das estruturas internacionais do futebol e que não respeite os princípios acima mencionados.

"A FIFA defenderá sempre a união no futebol mundial e apela a todas as partes envolvidas nos debates acalorados para que tentem um diálogo calmo, construtivo e equilibrado para o bem do jogo e um espírito de solidariedade e jogo justo. A FIFA, é claro, fará o que for necessário para contribuir para um caminho harmonioso em direção aos interesses gerais do futebol", pode ler-se.

Por Record
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas