Futebolista casado com Larissa Riquelme foi condenado a 14 anos de prisão

Jonathan Fabbro terá violado a afilhada, que também é sua sobrinha

O argentino Jonathan Fabbro, médio ofensivo de 37 anos naturalizado paraguaio, foi condenado a 14 anos de prisão por abusar sexualmente da afilhada, hoje com 13 anos. 

Casado com Larissa Riquelme, que se tornou mundialmente famosa no Mundial de 2014 por aparecer nas bancadas dos estádios com o telemóvel entre os seios, Fabbro estava detido há mais um ano, mas só nos últimos dias conheceu a sentença. Foi condenado por cometer cinco crimes de abuso sexual contra a criança, que também é sua sobrinha. Tudo terá começado quando a menina tinha cinco anos.

Quando foi preso, em 2018, o jogador representava o  BUAP Lobos de Puebla, na primeira divisão do México. Antes passara por clubes como Boca Juniors, River Plate e Once Caldas, tendo vencido a Taça Libertadores, em 2004.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0