Garay coloca ponto final na carreira após "três anos de dores fortíssimas"

Central argentino e ex-jogador do Benfica dá conta do sofrimento físico dos últimos anos

Garay anunciou esta sexta-feira o final da sua carreira como futebolista. Numa longa mensagem nas redes sociais, o ex-jogador do Benfica sublinhou as "dores fortíssimas" que o têm acompanhado ao longo dos últimos três anos e que por vezes o impediam de andar.

"Durante três anos estive em silêncio (juntamente com uma equipa médica) e tentei resolver um problema que surgiu inesperadamente. Dor extrema que até me impedia de andar", escreveu o argentino, de 34 anos, que diz ter competido ao mais alto nível nos últimos tempos com um objetivo em mente: "desfrutar da minha paixão, competir e proporcionar alegria a todos os adeptos."

Garay destacou ainda o facto de não querer enganar as equipas interessadas em contratá-lo por não estar apto fisicamente para poder jogar. 

"Em fevereiro de 2020 surgiu mais uma lesão grave da qual recuperei, ao ponto de negociar o meu regresso com outros clubes. Não posso. Sinto que estaria a enganar o clube, os adeptos e a mim mesmo. Compromisso é uma palavra que deve ser cumprida, e o meu compromisso seria apenas ganhar dinheiro em troca de nada, já que, provavelmente, a cada três jogos eu não poderia jogar em dois por causa do meu problema", pode ler-se. 

Recorde-se que o último clube que Garay representou foi o Valência, do qual saiu em junho do ano passado. Para além do Benfica, o argentino jogou ainda por Zenit, Real Madrid, Racing Santander e Newell's Old Boys. 


Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.