Libertadores é sonho de Enzo Pérez

Médio tenta repetir feito de 2009 e conquistar o troféu, desta vez com o clube do coração

• Foto: Reuters

Na 50ª edição da Libertadores (2009), Enzo Pérez foi peça-chave na conquista do Estudiantes e agora, na última edição com uma final a duas mãos, o médio quer a Taça pela segunda vez, mas desta feita com o clube do coração, o River.

Após seis épocas na Europa, Enzo foi atrás de um desejo antigo: vencer a Libertadores pelo ‘seu’ River. Em junho de 2017 voltou ao millonarios e não escondeu a felicidade. "É um sonho de família estar aqui. Sendo adepto, quero aproveitar o regresso a casa." Até o nome se deve a uma glória do clube: Enzo Francescoli. "O Enzo morre pelo River. Chama-se Enzo por causa do Francescoli. Somos fanáticos", confessou então o pai.

E esteve perto de chegar à final da prova em outubro, mas o Lanús eliminou-os nas meias-finais. Este ano, o ex-Benfica tem mais uma chance. Aos 32 anos, disputará hoje a 1ª mão da final em casa do Boca. O médio deve render o capitão Ponzio, lesionado, ao contrário de Quintero. O ex-FC Porto, ao que tudo indica, começará o jogo no banco para o técnico Gallardo.

Talismã

Não foram muitas as vezes que Enzo Pérez enfrentou o Boca pelo River, mas foram positivas. Com Enzo em campo, o River venceu o Boca na Supertaça argentina deste ano e derrotou (2-0) o rival na Bombonera em setembro, na liga. Derrotas só uma - 1-2, em 2017. Só que as visitas do River ao Boca na Libertadores são bem diferentes: à exceção de quando o River venceu (3-0) na Bombonera devido a atos dos adeptos, o Boca venceu 7 vezes nas receções ao River na prova. Hoje quem irá ganhar vantagem?

Por Filipe Balreira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0