Onana lembra renovação falhada com o Ajax: «Ofereciam-me metade do que recebia...»

Guardião, que será titular diante do Benfica, critica postura dos holandeses

• Foto: Reuters
Em dia de jogo decisivo da Liga dos Campeões diante do Benfica, onde até será titular, André Onana deixou esta terça-feira críticas à postura do Ajax no processo da sua renovação contratual, especialmente pela forma como o começaram a tratar a partir do momento em que testou positivo num controlo antidoping realizado em outubro do ano passado. Aí, revela, a postura do emblema holandês passou a ser de 'pegar ou largar', mas com um forte corte salarial.

"Durante a minha suspensão tivemos cinco ou seis encontros. Não conseguimos chegar a acordo sobre o meu salário, pois o Ajax oferecia-me metade do que recebia. Mas não foi apenas isso que não me agradou. Era aceitar ou não. Por isso decidi parar as negociações. Olhando agora para trás, continua a doer. Quero explicar-me, para que os adeptos saibam a verdade. Só porque não cheguei a um acordo não significa que não ame o clube e não dê tudo por ele. Queria renovar em 2019 e, depois, durante o meu tempo de suspensão", assegurou o guardião, ao 'De Telegraaf'.

Ainda que dorido pela forma como tudo sucedeu no processo de renovação, que viria a não ser concluído - Onana já tem acordo para rumar no final da época ao Inter Milão, a custo zero -, o guarda-redes de 25 anos assegura que a partida desta noite será para dar tudo. "Já me testei neste cenário, converti-me num dos melhores guarda-redes do Mundo no Ajax e isso dá-me algo para me agarrar neste jogo com o Benfica."
Por Record
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas