Pedro Emanuel e Nuno Assis discutem a final da Taça do Chipre

Apollon e Omonia medem forças

• Foto: José Moreira

Esta quarta-feira joga-se a final da Taça do Chipre entre o Apollon, clube treinado por Pedro Emanuel, e o Omonia, capitaneado por Nuno Assis, ele que poderá pisar o relvado pela última vez antes de se retirar. Os treinadores de ambas as equipas concordaram que as hipóteses de conquistar a Taça são iguais para as duas equipas.

"É uma final sem favoritos. Nós preparámo-nos devidamente e iremos dar tudo para conquistar o troféu. Desejo que toda a gente desfrute da festa que é o futebol", disse Vladan Milojevic, treinador do Omonia.

Já Pedro Emanuel destaca o facto de jogar a final no próprio estádio, o Tsirion Athlítiko Kentro. "Estamos muito satisfeitos por estarmos na final e muito felizes por jogarmos no nosso estádio, diante do nosso público. Seguramente as chances de ganhar o troféu são as mesmas para ambas as equipas mas queremos jogar bom futebol, sempre respeitando o nosso adversário", disse o técnico português.

Nuno Assis reitera que o mais importante é que não haja incidentes extra-futebol. "Espero que corra tudo bem dentro e fora do estádio. Isto é o mais importante. Há famílias presentes e espero que não haja problemas", desejou o médio que passou pelo Benfica, que ainda falou do seu oponente. "Conhecemos o adversário mas estamos preparados", concluiu.

Para chegar à final, o Apollon eliminou o APOEL nas meias-finais, equipa onde joga Nuno Morais, jogador que alinhou no Chelsea sob as ordens de José Mourinho.

Por Diogo Vicente
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.