Reyes deixa património imobiliário superior a 2,5 milhões de euros

Malogrado futebolista investiu em 19 imóveis

José Antonio Reyes, futebolista espanhol que morreu sábado num trágico acidente de viação, deixa um património imobiliário superior a 2,5 milhões de euros, refere 'La Otra Crónica' do jornal espanhol 'El Mundo'.

Reyes, que iniciou a carreira no Sevilha, passando depois pelo Arsenal, Real Madrid, Atlético Madrid e Benfica entre outros, adquiriu ao longo dos anos 19 imóveis, no valor total de 2,86 milhões de euros.

Segundo a publicação espanhola, entre os ativos estão 12 imóveis em Bormujos (Sevilha), cujo valor ultrapassa os 1,5 milhões de euros; uma vivenda de 1,3 milhões de euros; três imóveis em Utrera - a cidade onde nasceu e perdeu a vida - que estão avaliados em 142.000 euros, 150.000 e 292.000; um apartamento em Chipiona (Cádiz) avaliado em 135.000 euros; e uma vivenda de três andares e 117 m² avaliada em 103.600 euros.

José Antonio Reyes era pai de Jose Reyes Lopez, de 11 anos, Noelia, de 5, e Triana, de 2 anos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0