Salvio: «Vou desaparecer três dias para chorar e depois voltarei»

Extremo do Boca Juniors prevê um final de carreira doloroso

• Foto: EPA

Eduardo Salvio, antigo extremo do Benfica, hoje no Boca Juniors, prevê um final de carreira doloroso. Numa conversa no canal de YouTube do jovem estudante de jornalismo Sebi Jaleh, El Toto revelou que já conversa com a mulher, Magali Aravena, sobre isso.

"Às vezes, penso como vai ser o dia em que deixarei o futebol. Falo disso com a minha mulher e digo que ficarei deprimido. Vou desaparecer três dias para chorar e depois voltarei", disparou Salvio, de 30 anos.

A cumprir a segunda época no Boca Juniors, Salvio já tem planos para depois de pendurar as botas. "A minha ideia é ser empresário de jogadores, mas também não descarto fazer o curso de treinador, porque isso interessa-me. Quero ficar ligado ao futebol", assegurou.

Formado no Lanús, Salvio representou na Europa o At. Madrid, pelo qual conquistou duas Ligas Europa, e Benfica. É, aliás, o argentino com mais jogos (266) de águia ao peito, tendo conquistado cinco campeonatos, com destaque para o único tetra dos encarnados. No Velho Continente não faltaram interessados. "Quando jogava no Benfica estive muito perto de rumar ao PSG. As negociações estiveram muito avançadas", revelou o extremo.

Por Alejandro Panfil. Buenos Aires. Argentina
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Superliga avança: Revolta de milhões na UEFA

Doze dos clubes mais ricos acordaram uma competição fechada e receberam resposta arrasadora do organismo que rege o futebol europeu: se avançarem, serão riscados de todas as competições

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.