Alemães dão o exemplo: adeptos do Bayern insultam líder do Hoffenheim e jogadores boicotam jogo

Protestos também ocorreram na receção do Borussia Dortmund ao Friburgo

• Foto: Reuters

O Bayern Munique goleou por 6-0 na visita ao Hoffenheim e o resultado gordo seria mesmo a principal notícia se... o jogo não tivesse sido interrompido por dua vezes devido protestos dos adeptos bávaros contra o presidente do clube visitado.

Após uma primeira pausa momentânea, aos 66 minutos surgiram tarjas no sector do estádio onde se encontravam os adeptos do Bayern com insultos e protestos dirigidos ao proprietário do Hoffenheim. "Dietmar Hopp continua a ser um filho da p...", leu-se numa dessas mensagens. O árbitro decidiu interromper a partida e foram próprios atletas e elementos do staff do Bayern Munique a dirigirem-se à bancada para pedir satisfações aos seus adeptos.

Insultos nas bancadas... e no relvado: o que fizeram os jogadores do Bayern e do Hoffenheim?

Os jogadores das duas equipas acabaram por recolher ao túnel dos balneários e o jogo seria reatado mais de dez minutos depois, mas não mais se viu futebol. Isto porque os craques se limitaram a deixar o relógio correr até ao apito final do árbitro enquanto trocaram a bola entre si (mesmo entre jogadores das duas equipas) e retribuiram as ovações enviadas das bancadas.

Também na receção do Dortmund ao Friburgo o presidente do Hoffenheim foi alvo de insultos dos adeptos da casa, facto que levou o árbitro da partida a ameaçar suspender a partida. O jogo esteve mesmo interrompido durante breves instantes e o speaker do estádio teve de pedir aos adeptos para pararem com os cânticos de forma a que a partida pudesse prosseguir.








14
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas