Hans-Dieter Flick: «Extremistas? É melhor chamá-los de idiotas. Isto é uma idiotice»

Treinador do Bayern Munique lamentou interrupção do jogo com o Hoffenheim

Hans-Dieter Flick, treinador do Bayern Munique, comentou os protestos dos adeptos do seu clube contra o presidente do Hoffenheim, Dietmar Hopp, depois do final da partida, a qual venceu por 6-0, e lamentou que a exibição da equipa tenha ficado para segundo plano.

"Sinto-me desiludido. A exibição de toda a equipa foi atirada fora. São cenas que me causam perplexidade e raiva. Os jogadores não tinham consciência do que se estava a passar. Eu por acaso desconfiava que poderia haver algo planeado, mas não dá para evitar estas coisas. De uma forma ou de outra, conseguem sempre colocar estas coisas dentro dos estádios. É lamentável", sublinhou.

Ao ser questionado se se tratava de um grupo de adeptos do Bayern Munique extremista, a resposta do técnico de 55 anos foi perentória: "Extremistas? É melhor chamá-los de idiotas. Isto é uma idiotice." 
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas