Brasil não esquece Jorge Jesus: «Flamengo é muito grande para cara que dava treino»

Jornalista brasileira arrasa Domènec Torrent após goleada na Libertadores

A carregar o vídeo ...
Assim foi a humilhação do Flamengo: cinco golos sem resposta e a pior derrota de sempre

O Flamengo foi na madrugada desta sexta-feira goleado pelo Independiente del Valle, em jogo na Taça Libertadores, e os críticos arrasaram com o treinador catalão Domènec Torrent.

"Acho que o Flamengo é muito grande para colocar na mão de um cara que dava treino. E aí, é uma coisa que já aconteceu em outros lugares, quando o balneário é maior do que o cara, é complicado, esse balneário do Flamengo é cabeludo e é muito maior do que ele, o Flamengo é muito maior do que ele, o balneário é maior do que ele, todo o mundo é maior do que ele nesse Flamengo", afirmou a jornalista Marília Ruiz no programa 'Fim de Papo', do UOL.

Além das críticas ao treinador, também a direção do Flamengo foi visada, numa declaração, em que ficou bem visível que o trabalho desenvolvido por Jorge Jesus à frente do Mengão ainda não foi esquecido.

"Foi um pouco pretensioso o Flamengo achar que um cara que nunca foi técnico era o suficiente para empurrar o trabalho do Jorge Jesus, porque é isso o que o Flamengo estava à espera, que ele empurrasse o trabalho do Jorge Jesus", comentou Marília Ruiz.

O treinador português, que deixou o Brasil pelo Benfica, levou o Flamengo à conquista da Taça Libertadores na última temporada e começar a defesa do título com uma derrota humilhante por 5-0 não estava, certamente, nos planos.

Por Record
9
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.