Cadáver de jogador do São Paulo com golpes no pescoço e sem os genitais

Daniel Corrêa terá sido vítima de tortura

Daniel Corrêa, jogador pertencente aos quadros do São Paulo que foi encontrado morto no sábado em Curitiba, terá sido alvo de tortura, segundo escreve o UOL Esporte esta segunda-feira.

O cadáver do médio de 24 anos foi encontrado com cortes profundos na zona do pescoço e sem os órgãos genitais. A polícia confirmou que o jogador foi agredido com uma arma branca e classificou a investigação do caso como "avançada".

"O corpo não estava ali há muito tempo. Quem fez isto agiu com muita maldade, de quem estava com muita raiva", assinalou o responsável pela investigação.

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.