Falcão contra desafio do papel higiénico: «Não vou replicar palhaçada nenhuma»

Lenda do futsal critica 'moda' que tem inundado as redes sociais

• Foto: DR

Nos últimos dias o 'desafio do papel higiénico' tem inundado as redes sociais com vários jogadores - e não só - de todas as nacionalidades a mostrarem os seus dotes com um rolo de papel higiénico e a desafiarem outros a fazer o mesmo. 

Mas a onda parece não estar a agradar a todos. Depois do avançado Marinho, do Santos, foi a vez de Falcão, um dos melhores jogadores da história do futsal, criticar a atitude, numa altura em que o produto está esgotado em inúmeras superfícies comerciais de todo o mundo devido à 'corrida' provocada pela pandemia de coronavírus. 

"Respeito quem está a participar, mas existem outras formas de consciencialzar as pessoas neste momento que estamos a passar. A maioria das pessoas direcionou para outra situação. Acho que podemos ser mais explicativos, não podemos mudar o foco de um assunto sério para brincadeiras", disse o antigo jogador em declarações ao 'Globoesporte'.

Falcão, que se retirou oficialmente da competição em 2018, também reagiu ao desafio através de uma storie no seu Instagram. "Aviso: Não vou replicar palhaçada nenhuma com papel higiénico. Grato. A direção.", escreveu o antigo craque canarinho.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.