Jorge Jesus foi "induzido em erro" e não perdeu amigo devido ao coronavírus

Esclarecimento do advogado do treinador do Flamengo

A carregar o vídeo ...
Jorge Jesus emocionado: «Flamengo está no risco... espero que tenha sido o último jogo»

Jorge Jesus foi "induzido em erro" e não perdeu qualquer amigo devido ao coronavírus, esclareceu Luís Miguel Henriques, advogado do treinador do Flamengo. Citado pelo 'Observador', Luís Miguel Henriques revelou que o técnico recebeu a notícia de que um antigo colega no Estrela da Amadora - Mário Veríssimo, ex-massagista do clube - está infetado com o COVID-19 e interpretou como se o mesmo tivesse morrido. Algo que não corresponde à verdade, pois Veríssimo estará, sim, "com a vida em perigo".

Recorde-se que JJ afirmou após o triunfo de sábado à noite diante da Portuguesa que tinha "perdido um amigo" em Portugal com o vírus. "Testes à equipa, preocupações, as nossas famílias, tudo isto está a ser um problema muito grande na estrutura do Flamengo. Sou português, sei o que se está a passar em Portugal... Já perdi um amigo em Portugal, hoje estou a perceber o que é isto, é preciso começarmos a pensar aqui. Isto mexeu com a equipa sentimentalmente, acho que isto vai ter de parar. Na próxima jornada não pode haver jogos do estadual. O Flamengo é uma coisa que está no risco. Tivemos contacto com uma pessoa e não sabemos o que pode acontecer", referiu o técnico à Fla TV instantes após a partida.

Record também confirmou junto das autoridades de saúde de Portugal que não há vítimas mortais no país - existem 169 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus.

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.