Neymar supera Ronaldo: «Todo o meu respeito por ti, Fenómeno»

Avançado do PSG fez um hat-trick frente ao Peru e aproxima-se agora de Pelé na lista de melhores marcadores da seleção brasileira

Neymar conduziu na terça-feira o Brasil ao triunfo no Peru, por 4-2, num embate das eliminatórias sul-americanas para o Mundial' 2022 em que logrou um 'hat-trick' e ultrapassou Ronaldo, o 'Fenómeno'. Num embate em que os peruanos estiveram duas vezes em vantagem, por 1-0 e 2-0, o jogador do Paris Saint-Germain, de 28 anos, marcou três golos, dois dos quais de penálti, e apontou ainda o canto que esteve na origem do outro.

Desta forma, e ao 103.º jogo pela 'canarinha', Neymar passou a contar 64 golos, isolando-se no segundo lugar dos marcadores, à frente de Ronaldo Nazário de Lima (62, em 98 encontros) e apenas atrás do 'rei' Pelé (77, em 92). Nas redes sociais, o jogador do PSG deixou uma mensagem ao Fenómeno: "Todo meu respeito por ti, Fenómeno".

Ver esta publicação no Instagram

Todo meu respeito por ti FENÔMENO @ronaldo ?

Uma publicação partilhada por ene10ta Érre neymarjr (@neymarjr) a

Os brasileiros acabaram a 'rir', mas o Peru começou, praticamente, a ganhar, com um 'golaço' de André Carrillo, o terceiro em dois jogos do ex-jogador de Sporting e Benfica, logo aos seis minutos.

O intervalo chegou, no entanto, com uma igualdade, já que, aos 28 minutos, Neymar empatou de penálti, rasteiro, ainda a raspar no poste direito, depois de Yotún lhe agarrar a camisola.

Na segunda parte, o Peru voltou a adiantar-se, mas com felicidade, já que o remate de Renato Tapia, aos 59 minutos, só entrou porque desviou em Rodrigo Caio.

A formação 'canarinha voltou a reagir e alcançou novo empate aos 64 minutos, por Richarlison, que se limitou a encostar, sobre a linha, depois de Firmino cabecear, ao segundo poste, um canto marcado na esquerda por Neymar.

Aos 70 minutos, Tite, a cumprir o 50.º jogo pelo Brasil - somou a 36.ª vitória e conta 12 triunfos e dois empates em 14 jogos nas eliminatórias para o Mundial - lançou o benfiquista Everton, que esteve na origem dos últimos dois golos.

Depois de uma arrancada pela direita, centrou para Neymar, que foi carregado em falta e marcou o terceiro de penálti, aos 83 minutos, e, já nos descontos, aos 90+4, isolou Éverton Ribeiro, que atirou ao poste direito, para, na recarga, Neymar empurrar para o 'hat-trick'.

Desta forma, o Brasil igualou os seis pontos da Argentina, que venceu na Bolívia por 2-1, nos 3.640 metros de altitude de La Paz, onde não triunfava desde 2005.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.