Palmeiras vai mesmo à final da Libertadores: Conmebol recusa pedido para anular golo

Atlético-MG tinha pedido que o lance fosse anulado ou o jogo repetido

A imprensa brasileira revela esta terça-feira que a comissão disciplinar da Conmebol recusou o pedido do Atlético-MG para anular o golo do Palmeiras ou repetir o encontro da segunda mão das meias-finais da Taça Libertadores, que deu o apuramento da equipa de Abel Ferreira para a final da prova, depois de o jogo ter terminado empatado a uma bola. A formação mineira tem agora 24 horas para recorrer.

Na génese da queixa do Atlético-MG está o facto de Deyverson, avançado do Palmeiras que devia estar no banco, ter invadido o campo pela linha lateral pouco antes de Dudu marcar o golo da equipa de Abel Ferreira.

O VAR analisou o lance, apercebeu-se da invasão de Deyverson, mas sugeriu que o árbitro mostrasse apenas um cartão amarelo ao jogador. O clube mineiro não se conformou e apelou para a entidade que organiza a competição.

Palmeiras e Flamengo vão disputar a final da Libertadores no dia 27 de novembro, no Uruguai.

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas