Patrocinador quebra contrato com Flamengo e mais três clubes brasileiros

Azeite Royal alega crise mundial provocada por coronavírus

É mais um efeito colateral da crise económica gerada pela pandemia de coronavírus. Quatro clubes brasileiros – Flamengo, Fluminense, Vasco da Gama e Botafogo – vão ficar sem o patrocínio da Azeite Royal. A marca já comunicou aos clubes sediados no Rio de Janeiro o fim da parceria.

"Tomamos a decisão de rescindir com todos os clubes e também com o [Estádio] Maracanã até por tudo o que estamos a passar. Fizemos uma reunião de conselho e com o marketing. Os campeonatos estão parados e não temos porque manter este investimento. Vamos focar-nos nesta crise mundial com os supermercados, que são os que precisam deste tipo de ação. Neste momento, a prioridade é outra. A crise é para todos. Depois, sentamos e conversamos para um novo contrato", explicou Eduardo Giraldes, dono da empresa, que tem fábrica e 80% da produção em Portugal.

"Não existe marketing no mundo melhor do que o futebol, mas a situação vai além. Temos que entender o momento que o mundo está a passar", concluiu.

Por Mariana Béu
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.