«Pelé tem vergonha, não quer sair nem ser visto»: o drama da lenda do futebol brasileiro

Filho diz que o antigo craque está deprimido depois de ter sido operado à anca

Em dezembro de 2017, Pelé esteve, em cadeira de rodas, no sorteio do calendário do Mundial'2018 na Rússia
Em dezembro de 2017, Pelé esteve, em cadeira de rodas, no sorteio do calendário do Mundial'2018 na Rússia
Em dezembro de 2017, Pelé esteve, em cadeira de rodas, no sorteio do calendário do Mundial'2018 na Rússia

Pelé estará a passar um período de depressão na sua vida, devido ao problemas de saúde. A situação foi descrita pelo seu filho Edinho, em entrevista à TV Globo. 

"Está muito frágil. Foi operado à anca e não fez a fisioterapia adequada", apontou o filho de Pelé. "Tem problemas de mobilidade e isso espoletou uma espécie de depressão. Imaginem ele é o Rei, foi sempre uma figura imponente, e agora não consegue andar normalmente." 

Aos 80 anos, Pelé decidiu tratar de um problema na anca que já o acompanhava há algum tempo. Como consequência, não consegue andar sem a ajuda de alguém ou sem um andarilho ou cadeira de rodas. "Tem vergonha, não quer sair, ser visto ou praticamente fazer qualquer coisa que envolva sair de casa", continuou Edinho. "Está muito constrangido." 

Pelé foi considerado o principal atleta do século XX pelo Comité Olímpico Internacional. Vestiu pela primeira vez a camisola da selecção Brasileira em 1958, com apenas 17 anos, e foi logo campeão do mundo, algo que se repetiu mais duas vezes.

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.