Presidente do Fortaleza após duelo com Flamengo: «Equipa está a ser roubada, jogo após jogo»

Marcelo Paz foi à sala de imprensa tecer duras críticas à arbitragem do encontro

O Flamengo de Jorge Jesus venceu na visita ao Fortaleza, por 2-1, com um golo de Reinier nos últimos minutos, mas o presidente da equipa da casa não se conforma com o resultado e compareceu na sala de imprensa para tecer duras críticas à arbitragem.

"A única coisa que podemos fazer sobre a arbitragem é falar, porque fazer uma reclamação formal não adianta, eles não respondem. Temos vindo a ver o Fortaleza ser roubado, jogo após jogo", considerou Marcelo Paz, o líder do Fortaleza.

"O primeiro golo do Flamengo nasce de uma sequência de cantos, o primeiro não foi canto, mas o árbitro vai conduzindo... Marca algo que não é, e vai levando. O penálti é duvidoso, mas o VAR chamou... Se fosse ao contrário, talvez não marcasse. O segundo golo deles acontece com duas bolas em campo e a bola do lance aparece a partir dos adeptos do Flamengo. Isso vai tirando o brilho do futebol, o encanto. Os adeptos que vieram hoje aqui foram lesados, peço desculpas aos meus adeptos. No balneário os jogadores estão revoltados porque fizemos um grande jogo, contra uma grande equipa", referiu, frisando ainda que o lateral do Flamengo devia ter visto o segundo amarelo: "É o peso da camisola!"

"A arbitragem vive um dos piores momentos dos últimos anos, o VAR é uma deceção, vê situações que não existem. Não é por acaso que o nosso futebol não ganha nada internacionalmente. As coisas são conduzidas de uma maneira que me parece ser de cartas marcadas. Não adianta reclamar formalmente. O que vou fazer, enquanto me permitirem, é pegar o microfone e reclamar", finalizou.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.