Quem roubou o tablet? Polícia só encontra marcas da mulher que acusa Neymar e da empregada

Najila Trindade diz que autoridades estão compradas e promete não desistir

Najila Trindade não cala a indignação em relação às autoridades a propósito da investigação que está a ser feita ao que diz ter sido o roubo do tablet rosa, onde estaria o vídeo com Neymar na íntegra (até agora só foram revelados 66 segundos).

"A polícia está comprada", disse a modelo que acusa Neymar de violação ao ser questionada sobre as conclusões da investigação ao arrombamento da porta do seu apartamento, de onde diz ter sido levado o famoso iPad.

De acordo com o UOL, a polícia foi ao apartamento fazer uma perícia e só encontrou impressões impressões de Najila e de uma funcionária. Ao ser confrontada com estes dados, a modelo reafirmou que o tablet foi roubado. "Invadiram meu apartamento assim quando as coisas deram confusão", disse.

O advogado de Najila Trindade abandonou o caso (outro já o tinha feito) após ter sido acusado por esta de ter roubado o tablet onde estará o vídeo completo gravado em Paris no encontro com o jogador.

"A senhora Najila acusou-me de ter planeado este arrombamento. Disse que esse tablet poderia estar comigo, segundo o marcador de localização dela. Eu não preciso comprar ou roubar um tablet, eu tenho os meus dispositivos eletrónicos. Nunca tive iPhone, sempre tive Android, nunca tive iPad, parece-me que é um. E o cliente tem uma postura repentina e totalmente contrária à ética, ao bom senso e à verdade nesse caso, a respeito do arrombamento e de esse tablet estar em minha posse. Adorava que estivesse, porque em tese estará ali o vídeo que ela alega ter sete minutos, material esse que até hoje eu não tenho. Seria ótimo. Seria o primeiro a ver e a entregá-lo à polícia. Porque eu acredito que, se estiver alguma coisa relevante ali para reforçar a condição de vítima da senhora Najila, ela deveria usá-la e não reter a informação", referiu Daniel Garcia de Andrade, citado pelo UOL Esporte.

Daniel Garcia de Andrade falou ainda em "situações estranhas" e da falta de confiança para continuar a defender Najila: "Jurei defender e proteger o meu cliente, mas jamais irei participar em qualquer coisa escusa contra valores de idoneidade, moral e a lei. Espero que a verdade seja a melhor advogada de todos".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.