Rio Branco contrata 'goleiro' Bruno e perde patrocinador

Rede de supermercados Arasuper contra decisão

O Rio Branco Futebol Club anunciou a contratação do guarda-redes Bruno, de 35 anos, que passou os últimos aos na cadeia, condenado pelo mediático homicídio de Eliza Samudio, em 2010. Contudo, pouco depois da revelação oficial, feita pelo vice-presidente do emblema brasileiro da Série D, o principal patrocinador do clube tomou medidas drásticas.

Supermercado

A rede de supermercados Arasuper apressou-se a anunciar nas redes sociais que suspendeu imediatamente o acordo de patrocínio com o clube, destacando estar contra a decisão de contratar o cadastrado.

"A Rede Arasuper informa que suspende - a partir desta data - o patrocínio do Rio Branco Futebol Clube em virtude da contratação do goleiro Bruno, anunciada no último domingo. O apoio era de fundamental importância para o trabalho realizado pela equipa junto dos jovens e crianças das categorias de base, que serão duramente penalizados. Cabe ressaltar que a empresa não tem qualquer interferência nas decisões tomadas pela diretoria do RBFC", pode ler-se no comunicado da Arasuper.

Recorde-se que o caso envolvendo o guarda-redes ganhou mediatismo à escala global pelos contornos macabros em que Eliza Samudio foi morta, tendo apaixonado a opinião públcia durante vários anos.

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.