Ronaldo: «Defendem negros e gays, mas ninguém me defendeu quando disseram que eu era gordo»

Brasileiro recorda momento difícil da carreira numa entrevista ao 'Financial Times'

• Foto: Reuters

O brasileiro Ronaldo deu uma entrevista ao 'Financial Times', na qualidade de acionista do Valladolid, onde abordou alguns temas da carreira e da sua vida pessoal. O antigo internacional brasileiro recordou, por exemplo, os comentários de que foi alvo a dada altura sobre o seu peso.

"Há mobilizações para muitas coisas, se és negro, se és gay... Não me lembro de ninguém me defender quando me chamaram gordo", frisou.

Ronaldo admitiu ainda que fez uma vasectomia, mas que se um dia quiser ter mais filhos isso não será um problema. "Congelei esperma suficiente para ter uma equipa de futebol se a minha mulher quiser...", garantiu.

7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.