Sérgio Vieira e o jogo frente ao campeão Palmeiras: «Temos de ir com confiança»

São Bernardo procura segunda vitória no Paulistão

Depois de uma derrota e uma vitória no Paulistão, o São Bernardo de Sérgio Vieira tem um teste de fogo esta quinta-feira, com a deslocação ao estádio do Palmeiras, vencedor do Brasileirão. Ora, a pergunta que se impõe é: como é que uma equipa mais pequena deve abordar um jogo frente a um grande? Para o treinador português, a resposta não é assim tão complicada.

"Acima de tudo, temos de ir com a confiança de que é possível pontuar. O Paulistão é uma competição curta, vamos jogar na casa do campeão brasileiro, que manteve grande parte do plantel e ainda fez contratações como Felipe Melo e o Borja, e o estádio vai estar cheio. Por isso, os jogadores do São Bernardo têm de estar confiantes e taticamente perfeitos em cada momento do jogo", explicou Sérgio Vieira, de 34 anos.

Na teoria parece simples, até porque, na prática, já resultou. No ano passado, Sérgio Vieira venceu em casa do Palmeiras como treinador da Ferroviária. "Isso é um ponto de motivação, sem dúvida, em que um clube pequeno tem confiança para ganhar a um grande. De certa forma, está relacionado com a confiança e como as equipas se preparam", atirou o português.

E por falar em preparação de equipas, Sérgio Vieira já foi elogiado várias vezes no Brasil pela forma como clubes que orientou  -  Ferroviária e América Mineiro - enfrentaram emblemas de topo como Santos, São Paulo e Corinthians, entre outros. Deve-se à maior motivação dos jogadores ou é o treinador português que faz algo de diferente?

"É um pouco das duas coisas. O meu modelo de jogo de trabalho antes desses jogos ajuda e tem particularidades que fizeram com que dominássemos os jogos contra os grandes. Mas isso também está influenciado pelo desempenho individual e é normal que os jogadores se motivem ainda mais quando defrontam as equipas grandes. Por exemplo, no Paulistão do ano passado, a Ferroviária dominou quase todos os jogos, com  atitude e determinação e até foi superior nas estatisticas, como na posse de bola e oportunidades de golo", recordou o técnico.


Por David Novo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.