Treinador adjunto provoca divergência entre Jorge Jesus e o Flamengo

Português quer dispensar Marcelo Salles; cariocas não aceitam pedido, revela o Globoesporte

• Foto: CR Flamengo

Oficialmente treinador do Flamengo há cerca de um mês, Jorge Jesus tem procurado colocar o emblema brasileiro à sua maneira, operando mudanças de forma cirúrgica, que até agora haviam todas sido aprovadas pela direção do clube. Ora, no meio de toda a transformação que tem feito, Jesus encontrou esta semana o primeiro 'bloqueio' por parte dos seus dirigentes, que se opuseram ao pedido do português para dispensar Marcelo Salles, o adjunto que comandou a equipa nos quatro jogos realizados entre o despedimento de Abel Braga e a entrada em cena de JJ.

Segundo o Globoesporte, Jesus não vê necessidade de ter um terceiro treinador adjunto para lá dos dois que levou consigo e até já explicou pessoalmente a sua posição ao próprio Salles, mas o Flamengo não parece para aí virado e estará a tentar encontrar uma outra solução que não passe pela saída. A ideia, escreve o mesmo site, passa por encontrar um rumo que "não desagrade" ao novo treinador.

De notar que, por conta desta indefinição, Marcelo Salles nem tem marcado presença nas sessões de trabalho do Flamengo, tal como Alexandre Sanz, que foi preparador físico nos primeiros cinco meses da temporada.

Por Fábio Lima
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.