João Félix: «Ir para o banco? Já aconteceu no Benfica e lidei perfeitamente com isso»

Avançado português diz ser capaz de muito mais pelo At. Madrid

Praticamente dois meses depois, João Félix voltou a marcar e ajudou o Atlético Madrid a conseguir nova vitória com reviravolta, agora diante do Valencia, por 3-1. Após o encontro, o avançado português foi o porta-voz dos colchoneros e foi com natural satisfação que falou do resultado alcançar.

"Começámos a perder, mas somos uma equipa que luta até final. Felizmente conseguimos vencer e estamos felizes por isso", começou por dizer o avançado, que em seguida refutou a ideia de que os colchoneros não sejam eficazes na bola parada [Félix marcou dessa forma]: "Trabalhamos sempre os lances de bola parada, pois temos jogadores fortes de cabeça. A bola não entra assim, mas se entra de outras maneiras... está bem também!".

Depois das críticas e dos jogos no banco, Félix voltou à equipa titular, mas o português assegura que não se incomoda por ficar fora das opções iniciais. "Posso fazer muito mais. Quanto a isso de ir para o banco, já aconteceu no Benfica e lidei perfeitamente com isso. Sei do que sou capaz. Quando me colocam a jogar, eu limito-me a desfrutar. Quanto à substituição de hoje, tranquilo... O Cholo faz o melhor para a equipa."



A fechar, elogios a Luis Suárez e uma mensagem de um jogador com os pés bem assentes na terra. "É perfeito ter um avançado assim. Já tínhamos o Morata e o Diego e agora temos o Luis, que faz golos e ajuda muito. Quanto ao título, estamos bem, lutando a cada jogo. Vamos continuar assim. Não podemos deslumbrar-nos, porque depois corre mal. Há que seguir jogo a jogo e ganhar".

Por Record
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atlético Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.