Van Dijk: «Ainda bem que não jogo em Espanha para não ter de defrontar Messi cada época»

Jogador do Liverpool sem palavras para a exibição do astro argentino

A 1 de maio de 2005, Lionel Messi estreou-se a marcar pela equipa principal do Barcelona e passados exatamente 14 anos o astro argentino chegou ao golo 600 pelos blaugrana numa noite de sonho. O Barça bateu (3-0) pela primeira vez na história o Liverpool em casa e carimbou um resultado que dá muito boas perspetivas para segurar a presença na final da Champions. No final, Van Dijk deixou muitos elogios ao astro argentino.

"Quando defrontamos Messi e sai a sua melhor versão nada podemos fazer. Ainda bem que não jogo em Espanha para não ter de defrontar Messi cada época. Marcou dois golos e eu sai daqui muito decepcionado", disse

Messi brilhou na segunda parte do jogo com o Liverpool de que forma! Aos 75’, contra a corrente do jogo, aproveitou um ressalto de uma perdida incrível de Suárez para fazer o 2-0. Era a estreia a marcar de La Pulga frente ao Liverpool, impondo-se como o segundo jogador que fez o gosto ao pé a mais equipas diferentes (32) na liga milionária após Raúl (33).

O Liverpool não desistia e, já após a entrada de Nélson Semedo, a equipa de Klopp tentou tudo para reduzir a desvantagem, mas não conseguiu novamente parar Lionel Messi. Isto mesmo recorrendo a faltas sobre o avançado .

Fabinho travou Messi a mais de 30 metros da baliza de Alisson, num livre que terminou em golo. Aos 82’, o argentino fechou as contas e até falou em sorte ao comentar o tremendo remate. "Feliz pelo golo. Rematei e tive sorte em ir ao ângulo. Podíamos ter feito o 4-0, pois em Anfield será difícil. Foi um grande jogo e crucial não sofrermos golos", concluiu. 

Outras reações

"Messi nunca deixa de surpreender. Todos tinham de aparecer e ele foi decisivo", treinador do Barcelona.

"Os rapazes fizeram um grande jogo, mas, para o Barça, algumas chances podem ser suficientes" jürgen klopp, treinador do Liverpool

"A minha entrada correu bem, crescemos na defesa e tivemos mais posse. Messi já merece uma estatuazinha [no estádio]", Nélson Semedo, jogador do Barcelona

"Quando Messi teve mais espaço, o Barça jogou melhor e depois ele tirou um coelho da cartola", Fabinho, jogador do Liverpool

"Messi é um génio, uma figura irrepetível", Bartomeu, presidente do Barcelona


Messi, mais Messi e ainda Messi... e também Casillas: as capas da imprensa internacional

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Barcelona

Este Pedri é precioso

Médio renova até 2026 pelo Barcelona e fica com uma cláusula de rescisão milionária: 1.000 milhões!

Notícias

Notícias Mais Vistas