Capitães do Barcelona recetivos a baixar salários

Medida para baixar o impacto da crise económica devido ao surto de coronavírus

Os capitães de equipa do Barcelona – Lionel Messi, Sergio Busquets, Sergi Roberto e Gerard Piqué – estarão recetivos a baixar os seus salários na sequência da crise económica gerada pela pandemia de coronavírus e devem propor essa medida ao resto do plantel, avança o Mundo Deportivo.

O presidente do clube blaugrana, Josep Maria Bartomeu, reuniu-se com os quatro capitães, no sentido de os sensibilizar para as perdas financeiras provocadas pela paralisação de todas as competições em que o clube está inserido. A recetividade foi positiva por parte dos quatro jogadores, que compreenderam a necessidade de alguns dos profissionais mais bem pagos do clube baixarem os seus rendimentos para que a crise económica afete o menor número possível de funcionários do clube.

Segundo a mesma publicação, que se baseia nas contas aprovadas na última Assembleia Geral do clube, em outubro passado, o plantel principal do Barcelona recebe 552 milhões de euros em salários – valor que estava dentro dos limites impostos pela UEFA tendo em conta as receitas que eram esperadas pelo clube. Mas com a quebra de faturação das últimas semanas, esses gastos poderão ser incomportáveis e colocar mesmo o emblema catalão em incumprimento.

Por Mariana Béu
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0