Comunicado do Real Madrid sugere que Lopetegui 'não tinha mãos para Ferrari' merengue

Clube diz que nunca na sua história teve um plantel tão rico

• Foto: EPA

No comunicado em que anuncia o despedimento de Julen Lopetegui do cargo de treinador, o Real Madrid deixa uma crítica ao técnico, sugerindo que este 'não teria mãos para o Ferrari' merengue.

"A direção entende que existe uma grande desproporção entre a qualidade do plantel - com 8 jogadores nomeados à Bola de Ouro, algo sem precedentes na história do clube - e os resultados obtidos até ao momento", afirmou o clube tricampeão europeu no seu site.

Leia o comunicado na íntegra: 

"A direção do Real Madrid, hoje reunida, decidiu rescindir o contrato que ligava o treinador Julen Lopetegui ao clube. Esta decisão, tomada com a máxima responsabilidade, tem como objetivo mudar a dinâmica em que se encontra a equipa principal, quando ainda é possível alcançar os propósitos desta temporada. A direção entende que existe uma grande desproporção entre a qualidade do plantel - com 8 jogadores nomeados à Bola de Ouro, algo sem precedentes na história do clube - e os resultados obtidos até ao momento. O clube agradece a Lopetegui e a toda a sua equipa o esforço e trabalho realizados e deseja-lhe o melhor para a sua carreira. Será substituído de forma provisória por Santiago Solari, que orientará a equipa a partir da manhã desta terça-feira."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.