Record

Florentino quebra silêncio sobre saída de Cristiano Ronaldo: «Ninguém dava mais que 100 milhões»

Presidente do Real Madrid falou aos acionistas sobre o negócio da venda de CR7

Na preparação da reunião de domingo com os financiadores do Real Madrid, Florentino Pérez reuniu-se esta sexta-feira com os acionistas do clube espanhol e explicou-lhes os motivos da transferência de Cristiano Ronaldo para a Juventus por 100 milhões de euros.

"A venda mais cara este ano foi a de Cristiano. Ninguém oferecia mais do que 100 milhões. Ele queria ir por motivos pessoais e não tínhamos muitas mais ofertas", começou por dizer o presidente merengue, segundo o diário espanhol 'OK', abordando depois o facto de o internacional português ter saído por um valor bastante inferior ao da cláusula de mil milhões: "as cláusulas que o Real coloca aos seus futebolistas servem como elemento dissuasor e não para serem pagas."

Apesar de tudo, Florentino deixou agradecimentos a CR7: "Estamos-lhe gratos pelo que fez aqui. Foi o melhor desde Di Stéfano e esta será sempre a sua casa".
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas