Futre: «Fui à casa de banho e rejeitei a proposta do Real Madrid»

Revelação do antigo internacional português em entrevista ao 'As'

Paulo Futre concedeu uma entrevista ao jornal 'As' na qual abordou alguns dos episódios mais marcantes da carreira. Entre eles, o antigo internacional português revelou ter rejeitado uma proposta do Real Madrid por lealdade ao 'seu' Atlético quando estava no Marselha em 1993. 

"Cheguei ao Marselha meses depois do escândalo de corrupção com o presidente Tapie e disseram que tínhamos de sair porque o clube podia desaparecer. Um dirigente do Real Madrid ligou-me a dizer que queriam contratar-me. O meu ego subiu, mas avisei-o que havia uma cláusula anti-Real e Barça, que tinham de falar com Jesús Gil [presidente do Atlético]. Acabei por ser eu a ligar-lhe e disse-me que estava livre para decidir", conta Futre.

"O Real e o Marselha chegaram a acordo. Após vários dias de negociações, quando tinha o contrato em cima da mesa para assinar, fui à casa de banho e os meus filhos, que eram pequenos, vieram atrás de mim. Antes de fazer as necessidades, olhei para eles e pensei 'como vou jogar pelo Real depois de jogar pelo Atleti?'. Então decidi não assinar e pedi desculpa. Eles ficaram muito chateados, mas fiz o que tinha de fazer. Curiosamente depois de dizer não ao Real assinei pelo Reggiana, que estava em último lugar na liga italiana", acrescentou o antigo avançado português.

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.