Da "crise" ao "tsunami": Europa de olhos postos na "guerra" entre Messi e Abidal

Ambiente tenso atualmente no Barcelona

Abidal com o presidente Bartomeu na apresentação do novo treinador, Setién
Abidal com o presidente Bartomeu na apresentação do novo treinador, Setién
Abidal com o presidente Bartomeu na apresentação do novo treinador, Setién

A reação de Messi a uma entrevista de Abidal, em que o secretário técnico do Barcelona aponta os jogadores como culpados para a demissão de Valverde, está a ecoar por toda a imprensa desportiva europeia.

"Guerra", "crise", "tsunami", "tensão" são algumas das palavras escolhidas para descrever o ambiente que se vive atualmente no Barcelona.

"Guerra civil em Camp Nou", escreve o 'Daily Mail', enquanto o 'The Guardian' destaca "Barcelona em crise depois da resposta de Messi a Abidal".

O craque argentino não gostou das acusações de Abidal e insurgiu-se através de uma 'story' no seu Instagram.

"Luta de Bar", intitula o 'The Sun'. Já o 'L'Equipe' escreve "Messi vira-se contra Abidal" e a "Gazzetta dello Sport" destaca "Messi contra Abidal, alta tensão no Barcelona".

Na América do Sul a discussão entre o capitão do barcelona e o secretário técnico do clube também é notícia: "Duro desabafo de Messi contra Abidal", diz o Olé, enquanto o 'Globoesporte' sublinha: "Abidal faz comentários sobre o comportamento dos jogadores e Messi responde".


Itália assinala aniversário de Ronaldo e Espanha destaca 'tsunami' envolvendo Messi

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.