«Koeman massacrou-me»: Mido recorda episódio de 2003 e aguarda reação do técnico a Messi

Antigo avançado egípcio recordou incidente com o técnico holandês quando estava no Ajax

Mido, antigo avançado egípcio de 37 anos, veio a público criticar Ronald Koeman e contar um episódio ocorrido com o técnico do Barcelona, em 2003. Isto, por causa das palavras de Messi para com Luis Suárez.

"Quero ver a resposta de Koeman às palavras de Messi sobre Suárez. Koeman massacrou-me e ordenou ao Ajax que me vendesse porque falei à imprensa sobre a equipa, ainda que tivesse na altura apenas 18 anos. Claro que não sou nada, comparando-me com Messi, mas a jogada de hoje vai-me demonstrar muitas coisas que desejava ver há muito tempo", afirmou o egípcio, no Twitter.

Koeman e Mido desentenderam-se em 2003, numa divergência que culminou com a venda do avançado ao Marselha. Na altura, o avançado queixou-se publicamente de estar a jogar lesionado e já tinha dito que queria sair do clube. Para além de Ajax e Marselha, Mido passou por clubes como o Tottenham, a Roma ou o West Ham.

Por Record
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.