Leganés diz que transferência de Braithwaite é um "dano quase irreparável"

Dinamarquês contratado para colmatar ausência de Ousmane Dembélé

O diretor-geral do Leganés, Martín Ortega, denunciou esta quinta-feira o "dano quase irreparável" sofrido pelo clube com a transferência do futebolista dinamarquês Martin Braithwaite para o Barcelona, após o pagamento da sua cláusula de rescisão.

"Não entendemos que uma equipa, porque um jogador se lesionou por um período longo, possa, de forma unilateral, transferir esse problema para o Leganés. Entenderíamos se os regulamentos permitissem uma autorização excecional ao FC Barcelona para contratar por mútuo acordo. Mas não da forma como foi feito, com o pagamento da cláusula de forma unilateral", disse o diretor.

Com o avançado francês Ousmane Dembélé afastado dos relvados até ao fim da época devido a uma grave lesão, Barcelona foi autorizado a contratar um jogador fora da 'janela' de transferências, ao abrigo dos regulamentos de competição, tendo escolhido Braithwaite.

Martín Ortega disse que "o regulamento atual vai contra a integridade da competição e o direito que todos os clubes têm de competir em condições de igualdade". "É um dano quase irreparável, mas usaremos todos os meios para o contrariar", assinalou.

O diretor do clube espanhol agradeceu ao avançado dinamarquês: "Tem sido um grandíssimo profissional. Ontem [quarta-feira], veio despedir-se de todo o pessoal do clube e informar-nos sobre a situação. Desejamos-lhe a maior da sorte".

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0