Mãe já perdeu 40 quilos, o pai só vai ao cemitério: o drama da família de Reyes um ano após a sua morte

Paco Reyes revelou que a família não consegue ultrapassar a dor do desaparecimento do jogador

No dia 1 de junho cumprir-se-à um ano desde o acidente mortal de José Antonio Reyes, jogador que passou pelo Benfica, mas que brilhou sobretudo no Sevilha. Numa reportagem recente sobre o clube andaluz, o pai do jogador foi entrevistado e falou sobre a dor de perder o filho.

"Não conseguem imaginar. Só saio para ir ao cemitério às 9 da manhã e volto para casa. Não saímos para mais nada. A minha mulher já perdeu 40 quilos", revelou Paco Reyes.

Formado no Sevilha, José Antonio Reyes estreou-se pela equipa principal dos ‘blanquirrojos’ na época 1999/00. Rumou ao Arsenal em 2003 e três anos depois voltou a Espanha onde jogou no Real Madrid, por empréstimo dos ingleses. Passou para os quadros do Atlético Madrid e em 2008/09 fez 6 golos em 35 jogos pelo Benfica, num contrato de cedência que teve a duração de uma época. Voltou depois ao país natal onde fez mais três temporadas no Atlético e cinco no Sevilha. Morreu o ano passado, aos 35 anos, num acidente de viação. Na altura, jogava no Extremadura da segunda divisão espanhola.

"Nunca mais vi um jogo de futebol. Só o da homenagem que lhe fizeram no Extremadura. São os dias de jogos e sobretudo dos grandes jogos aqueles em que pensamos mais nele e os que nos custam mais. O seu Sevilha era tudo para ele", finalizou.

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0