Mega revolução no Barcelona

Depois das demissões em bloco já foram nomeados novos dirigentes

• Foto: Reuters

Depois das demissões em bloco verificadas no Barcelona na semana passada, o clube catalão emitiu esta segunda-feira um comunicado em que anuncia novas nomeações.

Saíram os vice-presidentes Emili Rousaud e Enrique Tombas, a secretária Maria Teixidor, bem como os vogais Silvio Elías, Jordi Calsamiglia e Josep Pont, tudo na sequência do já denominado caso 'Barçagate'.

O clube informa, assim, que nomeia Jordi Moix como vice-presidente financeiro, Javier Bordas como diretor responsável pela equipa principal de futebol, David Bellver como tesoureiro, Pau Vilanova como vice-presidente institucional, Oriol Tomás como vice-presidente para a área comercial e Marta Plana como secretária da direção.

Além do mais, o Barcelona anunciou que vai avançar com uma ação legal contra o Emili Rousaud, por ter dito publicamente que "alguém meteu a mão na caixa".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.