Não há acordo entre Barcelona e PSG por Neymar e o 'culpado' é um português

'Sport' explica o que falhou na primeira reunião oficial entre clubes

• Foto: Reuters

Barcelona e Paris SG deram início esta terça-feira de forma oficial à negociação que pode levar Neymar de volta à Catalunha, mas a primeira reunião entre as duas partes acabou sem fumo branco. Em causa estão os pedidos feitos pelo clube francês, que pretendia incluir no negócio vários jogadores, entre os quais Nélson Semedo, um futebolista que, segundo o 'Sport', o Barça não está disposto a libertar.

De acordo com o referido jornal, a primeira proposta do Paris SG consistia num negócio de 100 milhões de euros, mais os passes de Philippe Coutinho e de Semedo, aos quais se acrescentaria ainda o empréstimo de um terceiro jogador. Uma oferta que os catalães prontamente rejeitaram e que entenderam mesmo como "um convite a desistir das negociações".

Ainda assim, explica o 'Sport', depois desse primeiro desacordo, PSG e Barcelona reaproximaram-se e outros nomes foram falados, ainda que não tenha surgido outra proposta. Mas uma coisa ficou desde logo clara: o Barcelona negou-se e nega-se a incluir Nélson Semedo em qualquer tipo de negociação, pelo que terão de ser encontrados outros nomes para entrar no negócio.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.