Neymar abraçou companheiros de equipa um a um na hora do adeus ao Barcelona

Avançado esteve na cidade desportiva e comunicou saída

O Barcelona confirmou esta quarta-feira que Neymar se despediu dos colegas no seu primeiro treino dos catalães depois de da digressão nos EUA, confirmando a saída para o Barcelona. A esta informação, o jornal 'Sport' acrescentou que o avançado brasileiro abraçou um a um todos os companheiros de equipa, "não havendo qualquer tipo de palestra coletiva".

"O jogador chegou ao treino, como previsto, e comunicou aos colegas que se vai embora. O treinador [Ernesto Valverde] deu-lhe autorização para não treinar e tratar do seu futuro", disse um porta-voz do clube catalão, citado pelas agências AFP e EFE.

Depois de ter chegado à Cidade Desportiva Joan Gamper e de se ter despedido dos colegas, o avançado brasileiro abandonou, pouco depois, as instalações do clube catalão.

Na terça-feira, o Barcelona tinha congelado a verba de 26 milhões de euros referente ao prémio de renovação de contrato com Neymar, para demover o futebolista brasileiro a rumar ao Paris Saint-Germain.

Os 26 milhões de euros foram acordados há um ano, quando Neymar renovou até 2021, numa altura em que já era cobiçado pelo clube parisiense.

O novo contrato previa o pagamento de um prémio de assinatura no ano seguinte e o aumento da cláusula de rescisão de 200 para 222 milhões de euros, verba que o PSG está disposto a suportar.

Depois de uma digressão aos Estados Unidos, na qual o FC Barcelona venceu o rival Real Madrid (3-2), Juventus (2-1) e Manchester United (1-0), Neymar não regressou com a equipa a Espanha, rumando à China para participar numa série de eventos promocionais.

Por Sandra Lucas Simões e Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas