Saúl Ñíguez: «Pus em risco a minha saúde para defender o Atlético Madrid»

Médio recorda lesão que sofreu em 2014/15 em Leverkusen

• Foto: EPA

Saúl Ñíguez é atualmente um dos melhores médios do mundo mas o espanhol teve um momento bastante negativo na sua carreira na época 2014/15. Num jogo que o Atlético Madrid disputou em Leverkusen, a contar para a primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, Saúl ficou lesionado num rim após lance com Kyriakos Papadopoulos. Essa lesão deixou marcas durante vários meses e, se não fosse a intervenção de Mono Burgos [adjunto de Diego Simeone], podia ter sido ainda pior.

O pai do jogador, José Antonio (mais conhecido como Boria), conta toda a história numa reportagem concedida à revista francesa 'So Foot'.

"Íamos na ambulância e o Saúl, a chorar, disse que não sentia os seus membros. Disse que estava preparado para que lhe tirassem o rim. Mas o Germán Burgos convenceu-o a não o fazer. Disse-lhe: 'Não desistas. Depois do futebol, tens uma vida inteira pela frente'", disse.

O próprio jogador referiu que este incidente deixou marcas. "Tive de pôr a minha própria saúde em jogo para defender as cores do Atlético Madrid".

Quando recuperou, o espanhol fez questão de tatuar no pulso a seguinte legenda: "A força não provém da capacidade corporal, mas sim da vontade da alma".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.