Valencia não tem dinheiro para pagar aos jogadores e propõe cheques pré-datados

Clube tenta contornar grave crise financeira

Rodrigo é uma das figuras de um Valencia em grave crise
Rodrigo é uma das figuras de um Valencia em grave crise

Quando em 2014 Peter Lim adquiriu o Valencia, poucos imaginariam a realidade do clube seis anos depois. Ao contrário de outros emblemas que foram alvo de investimentos de milionários, os che nunca conseguiram chegar ao topo do futebol do seu país e, pior de tudo, entraram em queda livre do ponto de vista financeiro. Até ao ponto atual, no qual o clube simplesmente não tem dinheiro para pagar os salários aos seus jogadores.

Sem dinheiro nos cofres, os che têm vários vencimentos em atraso e, segundo o 'AS', terão proposto aos jogadores o pagamento dessa verba através de cheques pré-datados para setembro de 2021. Uma opção que de acordo com o mesmo jornal foi rejeitada pelos jogadores, que assim deixam a situação em suspenso e o clube com uma crise bem mais grave em mãos.

Sem qualquer tipo de ingresso, algo que foi agravado pela pandemia de Covid-19, o Valencia recentemente já abriu as portas à saída de vários dos seus jogadores, falando-se mesmo que neste momento ninguém é intransferível.

Por Fábio Lima
18
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.